Para a diagramação

Depois de revisões e padronizações, a antologia Destinos Fantásticos foi enviada hoje para diagramação. Seu lançamento ocorrerá no dia 13 de abril de 2013, durante a II Odisseia de Literatura Fantástica, em Porto Alegre/RS.

Nas histórias, que são aventuras solos de RPG em um estilo mais simples – para iniciantes -, você deverá:

  • entender o incidente que tomou sua escola
  • impedir o alastre de uma peste no futuro
  • buscar a cura para a salvação da raça humana
  • vingar a misteriosa morte de sua namorada
  • sobreviver a zumbis que invadiram a cidade
  • proteger a espada guardada em sua tumba
  • resistir a um sombrio e trágico naufrágio

Quaisquer novidades, postaremos aqui! Até mais o/

Eis os selecionados…

E chegou a grande hora de anunciar os autores e os textos que participarão da obra Destinos Fantásticos – Antologia de aventuras solo de RPG, que será publicada pela Editora Literata sob organização de Cristiano Rosa.

Segue, sem muita enrolação, os nomes dos seis escritores selecionados e de suas narrativas:

  • Emerson D. e PimentaHorror na Escola
  • Gustavo R. FragaziO Legado da humanidade
  • Leandro Zerbinatti de OliveiraRéquiem para a Fantasia
  • Luan FelipeEstrela de Sá
  • Mauricio L. JuniorPor trás da neblina
  • Sandro Quintana – O guardião da Ceifadora de Almas

Além desses autores, ainda haverá outra aventuras de autoria do organizador da obra. Dentro de alguns dias divulgaremos a capa aberta oficial da obra e entraremos em contato com os autores! Agradecemos a todos pela participação e divulgação do livro. Abraços

Sobre o limite de caracteres

Faltando pouco mais de 15 dias para encerrar o prazo de envio de aventuras solos para a nossa antologia Destinos Fantásticos, a ser publicada pela Editora Literata, a organização do livro resolveu auxiliar os escritores interessados em participar da obra.

Segundo o regulamento divulgado, a narrativa deveria ter de 30 a 40 referências, de no máximo 700 caracteres cada uma, mais um texto introdutório de 500 caracteres – sempre contando os espaços -, porém muitos autores nos escreveram alegando certa dificuldade com esses números.

Sendo assim, queremos afirmar que o limite máximo de caracteres com espaços para a aventura solo completa é de 28.500, ou seja, pode-se escrever uma referência de 900 caracteres e compensar na outra com 500. A conta foi simples: máximo 40 referências x 700 caracteres cada trecho + 500 da introdução = 28.500.

Com isso, esperamos ajudar os autores e possibilitar maior conforto para a escrita da narrativa, pois sabemos que trata-se de um gênero não tão comum de criação, e queremos que todos os interessados possam participar sem dificuldades. Qualquer dúvida ainda, só escrever para destinosfantasticosrpg@hotmail.com

Orientações para a escrita de uma Aventura Solo

Com o intuito de auxiliar os interessados em participar da antologia Destinos Fantásticos na escrita de uma aventura solo, seguem abaixo 10 dicas sobre a composição desse gênero.

  1. Defina o protagonista, a trama e o lugar onde se passa a aventura.
  2. Escreva um texto introdutório apresentando o personagem principal e situando o leitor/jogador onde ele está e qual a problemática da situação em que ele se encontra.
  3. Enumere de 1 a 35 (esse número pode variar, vai da vontade do autor) para a escrita das referências/trechos.
  4. Escreva o trecho 1 colocando o protagonista já em ação, e ao final do texto, dê 2 ou 3 alternativas de continuidade.
  5. Escreva agora os trechos das alternativas que você acabou de dar como opção ao leitor, ou seja, não escreva em sequência numérica as referências.
  6. Você pode introduzir outros personagens no decorrer da história, mas lembre-se que o leitor será o principal, sendo assim o responsável pelas escolhas a fazer para dar o segmento da narrativa.
  7. É importante ilustrar bem as ações e lugares, sempre preocupado em colocar o leitor/jogador envolvido no que acontece, com boas descrições e passagens de ação.
  8. Lembre-se que a aventura precisa ter vários desfechos, mas somente um o personagem principal sairá vitorioso, os demais ele pode desistir da trama ou mesmo deixá-la, por estar impossibilitado ou, como em muitas histórias, morrer. Vale a pena lembrar para se ter cuidado para não narrar finais chatos ou muito simples.
  9. Cuide para não deixar nenhuma referência solta, isto é, esquecer de escrevê-la após sugeri-la como continuidade.
  10. Após a escrita da aventura, leia/jogue-a testando cada possibilidade que você mesmo criou, revisando e arrumando possíveis erros de continuidade.

Lembrando que há um regulamento para a participação na antologia, como a aventura estar dentro do gênero Fantasia e Ficção e que prevê um trecho introdutório de cerca de 500 caracteres com espaços, assim como uma média de 30 a 40 referências, sendo que cada trecho não deve ultrapassar o limite de 700 caracteres com espaços, podendo dar 2 ou 3 opções de continuidade à trama.

Divulgações

Este post é para reunir todas as divulgações da antologia Destinos Fantásticos pelos blogs literários parceiros.

Agradeço a todos pelo carinho!

Antologia de aventuras solo de RPG…

Olá! É com imenso prazer que convido você a conhecer a nova obra que eu, Cristiano Rosa, organizo pela Editora Literata, a antologia Destinos Fantásticos.

Já vimos antologias de poemas, de contos, de crônicas… agora imagine uma de aventuras solo de RPG! Sim, isso mesmo. Várias aventuras solo de diversos autores reunidas para seu entretenimento.

Leia as nossas páginas informativas, conheça mais sobre a proposta da obra e participe deste verdadeiro e único livro-jogo!